Por que depois da terapia as pessoas parecem se valorizar mais?

A busca por saúde mental e apoio profissional especializado, tem se tornado cada vez mais evidente nos últimos anos, uma vez que o tabu de que apenas pessoas mentalmente instáveis precisavam ir à terapia. A terapia é, na mais pura verdade, a busca pelo autoconhecimento e pela evolução mental para consigo mesmo e para com os outros ao seu redor, aprendendo, assim, a se valorizar tanto quanto se deve fazê-lo. Quando aliamos a terapia com a hipnose, temos a hipnoterapia, onde se torna ainda mais eficaz, uma vez que a terapia é feita diretamente no seu subconsciente. 

A terapia não só é um tratamento para pessoas que estão passando por maus momentos na vida, como também é uma oportunidade para as pessoas conhecerem a si mesmas. Você não só aprende sobre si próprio, mas também aprende como lidar consigo mesmo e melhorar seus pontos fortes, bem como aceitar, conviver e evoluir seus pontos de melhoria.

Quando buscar fazer terapia?

A falta de autoconhecimento resulta em ansiedade, estresse, distanciamento emocional e confusão mental. A neurose distorce qualquer percepção de realidade e tudo se torna negativo e hostil, onde reprimir os próprios sentimentos parece o ideal a se fazer para evitar se machucar. Contudo, além de provocar um medo irracional de se machucar, esse tipo de comportamento também impede de viver. Deve-se procurar a hipnoterapia quando:

  • se sentir frequentemente triste;
  • sentir que precisa de ajuda;
  • se sentir confuso;
  • se sentir excessivamente estressado ou ansioso;
  • estiver passando por conflitos no relacionamento ou em casa;

Exigências externas tornam-se tão estressantes a ponto de levar as pessoas a desconsiderar os próprios sentimentos e, assim, passar a reprimi-los, por medo de incomodar ou preocupar as pessoas ou, até mesmo, medo de lidar consigo próprio. A princípio, ignorá-los parece a melhor ideia, uma vez que causa uma falsa sensação de bem-estar. 

Contudo, tudo o que entra, uma hora sai. Sentimentos reprimidos se acumulam e, ora ou outra, torna-se necessário colocá-los para fora, seja por conversa ou seja por uma crise. Isso se torna, assim, um hábito extremamente nocivo para a saúde mental e pode até mesmo tornar um indivíduo suscetível a doenças físicas. 

Quais são os benefícios de fazer hipnoterapia?

É fato que a pessoa que mais se conhece no mundo é você mesmo; no entanto, com a terapia, é possível abrir portas para novos pensamentos e visões que, sozinho, seria mais difícil de adquirir. O profissional habilitado a ajudá-lo não só lhe mostrará outros caminhos, mas também o guiará a encontrar respostas internas e externas por si só, e assim se torna possível amadurecer mentalmente. Os benefícios são, por exemplo:

  • aprender a filtrar o que é bom ou ruim pra si;
  • conhecer a si mesmo;
  • entender os próprios sentimentos e administrá-los;
  • desabafar sobre eventos estressantes, bem como desprender-se deles
  • colocar-se no presente;
  • respeitar os próprios limites.
  • aprender a se amar e a se admirar.

Na hipnoterapia, por exemplo, há o uso da hipnose para tratar problemas emocionais ou até mesmo físicos. Já na psicoterapia não há a hipnose, contudo, o objetivo é o mesmo: o especialista analisa seu paciente com as informações que lhe são dadas e, assim, o guia para que encontre seu próprio caminho.

O especialista também pode apresentar e indicar rotinas saudáveis para uma melhor qualidade de vida, seja isso simplesmente um hobby, como o ato de ler um livro, praticar ioga ou meditação ou até mesmo novos objetivos de vida que vão além de ideais urbanos socialmente impostos. 

Por que, com a terapia, as pessoas se valorizam mais?

Desprendendo-se de ideias alheias e da preocupação excessiva com o passado ou com o futuro, pode-se focar e conhecer a si mesmo, bem como entender as nossas particularidades. Assim, o que se é, se sente e se deseja pode ser compreendido da melhor forma. 

Dessa maneira, é possível alcançar o presente e vivê-lo da forma que se deve: aproveitando-o. Aprenda a evoluir a si mesmo e haverá, assim, de evoluir o que há a sua volta. 

Por levar o indivíduo ao caminho do autoconhecimento, a terapia permite que se olhe para dentro e não para os outros que estão ao redor. Desse modo, a valorização de uma única pessoa e das qualidades que habitam dentro dela ficará ainda mais fácil.

Deixe uma resposta

Falar
Olá, posso te ajudar?