Hipnoterapia Para Fibromialgia

Muito provavelmente você conhece alguém que tenha fibromialgia, ou até mesmo você tenha, por isso se interessou pelo assunto.

Então fica comigo nesse post, que eu vou te explicar o motivo da Hipnoterapia ser eficaz nos casos de Fibromialgia.

Para isso, primeiro precisamos entender o que é, como se apresenta e qual a causa dessa doença.

O que é Fibromialgia e como a Hipnoterapia pode ajudar?

A Fibromialgia é uma doença bem comum e está presente em média de 5% das pessoas que se consultam numa clínica médica. De cada 10 pacientes que apresentam fibromialgia, entre sete e nove são mulheres, a maioria com idade entre 30 e 60 anos, você sabia? 

O diagnóstico é feito clinicamente mesmo, sem a necessidade de exames específicos para isso.

Diagnóstico da Fibromialgia:

Para que o diagnóstico de Fibromialgia seja dado, os médicos analisam algumas características, tais como:

  • Dor por todo o corpo por mais de três meses;
  • Presença de dor em 11 pontos musculares;

Porém, esses critérios não avaliam outros pontos também importantes da FM (fibromialgia), como o cansaço, a insônia.

Os médicos costumam pedir exames de sangue, não para comprovar a fibromialgia, mas para descartar outras doenças.

Como a Fibromialgia começa?

As causas ainda são desconhecidas, não existe um ponto específico na medicina que aponte o início da FM ou o motivo pelo qual a pessoa tem a síndrome.

O que se sabe é que ela pode aparecer depois de um evento “traumático” físico, psicológico ou até mesmo uma infecção grave. O que costuma ser mais comum é a dor iniciar num ponto e ir aumentando, se espalhando pelo corpo do paciente.

A dor da Fibromialgia é real, antes duvidava-se disso, justamente porque se há dor, há uma causa física. Porém, na fibromialgia não. É como se a dor fosse um alarme de bombeiro, que dispara sempre que tem um incêndio, mas nesse caso, é como se o botão disparasse sozinho, sem nenhum incêndio, agora vamos entrar na parte emocional associada à Fibromialgia e como a Hipnoterapia pode ajudar nesses casos.

Fibromialgia e a Emoção

As nossas emoções, sensações estão totalmente ligadas ao nosso sistema nervoso. Como vimos antes, uma das especulações dos médicos, é que a Fibromialgia está ligada a eventos traumáticos psicológicos.

Se você já me acompanha, sabe que não gosto desse termo “trauma”, não acredito que apenas um evento seja o causador do nosso sofrimento. O nosso subconsciente aprende por associações, é assim que ele se adapta para que consiga desempenhar o seu papel que é continuar sendo a nossa “estratégia de sobrevivência amoral”.

Na fibromialgia é como se o paciente estivesse sempre em Alerta, sempre atento, é como se ele não desligasse, por isso que um dos sintomas é a fadiga, porque ele não consegue dormir, descansar e reparar realmente o corpo para se manter bem, disposto, e viver tranquilamente.

A questão é, o que está fazendo esse paciente estar sempre em alerta? em modo de fuga ou modo de luta? Sempre pronto para reagir?

E é aqui que entra a Hipnoterapia, para ajudar na Fibromialgia.

Como a Hipnoterapia Ajuda na Fibromialgia?

A Hipnoterapia é a terapia com a Hipnose como “ferramenta” de trabalho.

Com a Hipnose nós conseguimos nos dissociar dos estímulos externos e nos ligarmos ao nosso Eu Interior, nossa mente, nosso Subconsciente, como você preferir chamar, algumas pessoas também chamam de alma, mas não gosto de levar para o lado místico, então sempre vou dizer Subconsciente ou abreviar Sub. Então quando você ler, já sabe o que se refere.

Como nós vimos, não existe uma comprovação do que realmente causa a Fibromialgia, falando organicamente, fisicamente. Existem especulações, mas nenhum exame específico ou algo do tipo.

Porém, pela experiência e atendimentos, já foi notado que a Fibromialgia está ligada ao nosso emocional, e dessa parte eu entendo.

Como você se sente?

Você tem fibromialgia? Como você se sente? Incapaz? Triste? Nervosa? Decepcionada? Fracassada?

Qual a sensação que estar assim, com essas dores, com essa condição da Fibromialgia te traz?

É justamente nessa sensação que nós trabalhamos, eu uso ela para “descobrir” o que está por trás dela, qual a causa? E então, resolver o que está em conflito com a terapia.

Quando não há conflito algum, nós conseguimos viver de forma fluida, mas quando não estamos conseguindo, por mais que tentemos, é porque algo está nos impedindo. Mas o quê?

Alguns podem dizer “Eu mesmo sou meu sabotador”, mas eu te digo que não é verdade. Temos muitas personalidades conosco. Temos os aprendizados dos nossos responsáveis, dos nossos professores, irmãos, amigos, estranhos, temos muitas influências externas, aprendizados que carregamos pelo resto das nossas vidas.

O Subconsciente

O nosso Subconsciente é uma estratégia de sobrevivência, que cria padrões para que o nosso cérebro economize energia (que é o que ele gosta), e uma vez que esses padrões são formados, conseguimos mudar apenas com um impacto emocional forte ou então com MUITO autoconhecimento. Porém, leva um bom tempo até conseguir com Autoconhecimento, acaba sendo um processo doloroso e lento. Mas com a Hipnoterapia conseguimos resolver.

E são esses padrões que nos “atrapalham” na vida adulta. Sabe aquelas pessoas que sempre tentam emagrecer e nunca conseguem?

Ou então aquelas mulheres que sempre se envolvem com homens que são tóxicos?

Ou então pessoas que tentam parar de fumar mãos não conseguem?

Ou até mesmo alergias que começam do nada?

Ou dores de cabeça que não tem “motivo” na visão médica?

Todos esses são casos em que a Hipnoterapia consegue auxiliar. Se tem uma sensação desconfortável associada ao problema, conseguimos na maioria das vezes resolver com apenas 1 sessão, em 97% dos casos.

Em alguns casos também fazemos acompanhamento junto ao médico, no caso de ter questões físicas envolvidas.

Mente e Corpo

Somos um conjunto de mente e corpo, tratamos muitas vezes separados, mas sempre estão ligados, então precisamos cuidar de todas as nossas partes para viver como desejamos, de forma harmoniosa e leve. 

Compartilha esse post com alguém que sofre com a Fibromialgia também, até o próximo post.

Deixe uma resposta

Falar
Olá, posso te ajudar?